domingo, 20 de novembro de 2016

novembro

Quando dei por mim já era novembro
Quando acordei já era dia de preparar prova para os alunos
Quando notei meu primo já tinha nascido
Quando amei ganhei um namorado
Quando olhei já tinha mestrado
Quando beijei ouvi 'eu te amo'
Quando sorri foi com o sucesso da banca de qualificação
Quando dormi já tinha viajado, indo e vindo
Quando adoeci já visitava vários psiquiatras
Quando melhorei já era o esperado
Quando viajei foi ao seu encontro
Quando parei foi para te esperar
Quando falei foi para agradecer
Quando chorei foi na partida do vodrinho
Quando veio o câncer cortei o cabelo, estilo joãozinho
Quando dei por mim já era novembro....

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Coisas que aprendi com Guimarães Rosa

Que assim como Augusto Matraga todos nós temos a nossa hora
"Reze e trabalhe, fazendo de conta que esta vida é um dia de capina com sol quente, que às vezes custa muito a passar, mas sempre passa. E você ainda pode ter muito pedaço bom de alegria... Cada um tem a sua hora e a sua vez: você há de ter a sua". A hora e a vez de Augusto Matraga

Que a vida só quer da gente coragem
"O correr da vida embrulha tudo; a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. Ser capaz de ficar alegre e mais alegre no meio da alegria, e ainda mais alegre no meio da tristeza..."  Grande Sertão Veredas

Que primeiro temos a saudade no coração,  pra depois ela fazer parte da nossa caminhada
"Saudade é ser, depois de ter". Rosiana: uma coletânea de conceitos, máximas e brocardos de João Guimarães Rosa

Que só existe uma constante na vida: a mudança
“Mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas elas vão sempre mudando. Afinam e desafinam.” Riobaldo em o Grande Sertão Veredas

Que sempre, eu disse sempre, há um milagre 
"Tudo, aliás, é a ponta de um mistério, inclusive os fatos. Ou a ausência deles. Duvida? Quando nada acontece há um milagre que não estamos vendo". O Espelho – em “João Guimarães Rosa – Primeiras Estórias

Que quando alguém marca a nossa vida, ela ficará marcada por todo o resto da nossa existência
"O mundo é mágico. As pessoas não morrem, ficam encantadas". Segundo um colega de turma, Dr. Ismael de Faria, no velório de um estudante vitimado pela febre amarela, em 1926, teria Guimarães Rosa dito esta sábia frase que depois se repetiu, uns 40 anos depois, na sua posse na Academia Brasileira de Letras.

Que eu mais aprendo que ensino todos os dias quando leciono
"Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende". Grande Sertão Veredas

Que pouco importa de onde vim ou pra onde vou, que só me importa o agora
"Digo: o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia". Grande Sertão Veredas

Que as coisas mais importantes não tem nome
"Eu não sentia nada. Só uma transformação pesável. Muita coisa importante falta nome". Grande Sertão Veredas

Que quando a gente ama é coisa-feita
"Mas eu gostava dele, dia mais dia, mais gostava. Digo o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita. Era ele estar perto de mim, e nada me faltava. Era ele fechar a cara e estar tristonho, e eu perdia meu sossego". Grande Sertão Veredas

Que Deus é silêncio e o Demo é barulho
"Deus come escondido, e o Diabo sai por toda a parte lambendo o prato". Grande Sertão Veredas

Que quando não se espera nada é que o tudo aparece
"No mais, mesmo, da mesmice, sempre vem a novidade". Primeiras Estórias

Que o amor depois que brota já era...
"Sempre que se começa a ter amor a alguém, no ramerrão, o amor pega e cresce é porque, de certo jeito, a gente quer que isso seja, e vai, na idéia, querendo e ajudando, mas quando é destino dado, maior que o miúdo, a gente ama inteiriço fatal, carecendo de querer, e é um só facear com as surpresas. Amor desse, cresce primeiro; brota é depois". Grande Sertão Veredas

 _______________
 Tem sete anos que estudo este autor, todos os dias

Agora vem a vida e me convida pra falar dele em uma mesa redonda
Imagina...